Rodrigo Maia não será candidato do governo, será o candidato do DEM, diz ACM Neto

Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, chega para entrevista coletiva em Brasília 16/02/2018 REUTERS/Adriano Machado

BRASÍLIA (Reuters) - O novo presidente do DEM, Antonio Carlos Magalhães Neto, afirmou nesta quarta-feira que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (RJ), não será o candidato da base do governo às eleições presidenciais de outubro.

"Rodrigo Maia não será candidato do governo como não será candidato da oposição. Rodrigo Maia será candidato do Democratas, do ideário que estamos construindo, de um conjunto de ideias e propostas para o futuro do Brasil que serão apresentadas a partir de amanhã na nossa convenção nacional", disse o prefeito de Salvador ao sair de uma reunião no Palácio do Planalto.

O lançamento oficial da candidatura de Maia será feito na quinta-feira, durante a convenção do DEM, em Brasília. Apesar das rusgas constantes com o Planalto, o governo --que defende a construção de um candidato da base para defender o legado do presidente Michel Temer nas eleições-- considera o presidente da Câmara nesse papel.

Maia, no entanto, tem se distanciado do governo e aumentado o tom das críticas. O MDB, agora, namora com a possibilidade de colocar o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, no papel de candidato governista.

Sem espaço para ser candidato em seu partido, o PSD, Meirelles tem negociado uma filiação ao MDB.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)